06 junho 2017

Lua de Mel em Santiago / Chile - 8 dias

Olá pessoal.
Como vocês estão?


Casei dia 22 de abril e vou contar tudo para vocês aqui.
Mas antes vou começar a contar sobre minha lua de mel.
Os lugares de destino que queríamos fazer eram muitos, mas no final o custo da viagem decidiu por nós.
Comecei pesquisando em vários blogs sobre Santiago - Chile e achamos uma cidade romântica e que tinha bastante coisa pra fazer e cabia no nosso bolso.
Fiz um pequeno roteiro com custo da viagem e ainda voltamos com 500 reais sobrando, ou seja, minhas contas foram deram certo.
Mas mesmo depois de elaborar o roteiro, resolvemos passar na CVC para vê quanto custaria a viagem, o preço deles ficava igual o que eu tinha feito, só que um detalhe, sem passeios e alimentação.
Então resolvemos ir na cara e na coragem, roteiro montado, passagem comprada, hotel escolhido, lá fomos nós.

Dia 1
Embarcamos dia 25 de abril pela manhã em Recife, fomos até São Paulo e de lá pegamos a conexão para Santiago, a passagem foi comprada pela GOL, não é a minha preferida não, mas pelo menos nos voos internacionais tem um almoço. Mas demos o azar de escolher as cadeiras erradas e ficamos sem janela, mas deu pra ver a beleza das cordilheiras tanto na ida como na volta pela janela do vizinho, que foi super camarada e tirou uma foto pra gente.


Chegamos por volta das 15h no Aeroporto de Santiago, passar pela imigração foi super tranquilo, só pediram o endereço de onde íamos ficar e ganhamos nosso primeiro carimbo no passaporte, troquei 1000 reais no aeroporto, meu maior arrependimento, e com esse dinheiro compramos um chip promocional que vinham dois, por 20.000 mil pesos. Pedimos um Uber, foi meio confuso porque não sabíamos que o Uber não pode entrar no aeroporto, ele estacionou e foi ao meu encontro em frente ao um hotel que tem na frente do aeroporto, mas eu não sabia disso, rsrs, então ele não me achou lá, mas pelas informações que o aplicativo deu eu percebi quando o Uber estacionou, porque não é todo dia que um Uber é uma Ranger né? Só no estrangeiro mesmo. Fora isso, foi super tranquilo, um cara muito simpático. Gastamos 11.900 pesos. Foi caro, eu acho, mas para ida foi super necessário, afinal não tínhamos ideia de como ir de ônibus até o apartamento. A volta saiu bem mais barata.
Nós não ficamos em Hotel, alugamos um apartamento por 8 dias, no centro de Santiago, perto dos pontos turísticos principais, por apenas 620 reais, eu achei SUPER barato, e recomendo, foi pelo Airbnb, é seguro, em conta e muito legal, se você ainda não se cadastrou se cadastra clicando nesse link aqui que você vai ganhar um desconto na sua primeira viagem.
Neste dia nós chegamos bem cansados, saímos de Recife 5h da manhã, foi uma viagem longa. Meu marido chegou com febre, então nessa noite não fizemos nada, fomos apenas em um mini mercado, existem vários por toda cidade, compramos Pão, Água Mineral (mas pode beber da torneira, não tem problema), Queijo e Presunto (Jámon), pra tomarmos café da manhã antes de sair pro passeios. Demos uma volta rápida na cidade, mas ficamos com um pouco de medo, não conhecíamos nada e voltamos.

Vou contar o que fizemos em cada dia pra você ter uma noção, mas cada haverá um link para outro post do blog com informações mais detalhadas de cada passeio.


Dia 2

Fizemos um passeio super bacana para Cajon del Maipo, Termas Baños Morales e Embalse el Yeso. Custou 33 mil pesos por pessoa, foi muuuuuuito legal esse passeio, e a turma era quase todas de brasileiros e o nosso guia falava português e deu várias dicas legais. Vocês podem entrar em contato pelo facebook deles aqui e fechar com eles por lá mesmo o passeio.
Aqui nesse post vocês vão ter mais detalhes desse dia. 




Dia 3

No terceiro dia trocamos mais dinheiro no centro da cidade (esse sim é o lugar ideal pra você trocar) e fizemos um passeio a pé por todo o centro da cidade, visitando os principais pontos turísticos da cidade e depois pegamos um metrô até o Cerro San Cristóbal, é o morro mais alta da cidade e é muito lindo lá de cima, subimos de funicular, você pode comprar ida e volta, mas compramos só a ida, porque queríamos descer de bondinho pra ficar mais próximo do Sky Costanera, chegamos lá a pé, almoçamos no Hard Rock Café, e voltamos pro apartamento de metrô.
Conto mais sobre esse dia aqui.




Dia 4

Fomos visitar uma vinícola, chamada UNDURRAGA, fomos pra essa por recomendação do motorista do primeiro passeio, ele falou que a Concha y Toro tinha apenas fama, que as melhores eram essa vinícola e outra, a qual não me recordo o nome. E foi realmente muito legal, muitos brasileiros nesse passeio também e nosso guia era divertidíssimo. Reservamos por e-mail o passeio, mas geralmente você pode chegar lá e ter vaga para fazer a visita, mas preferi não arriscar e reservar. Fomos de metrô e ônibus, muito fácil de chegar, o próprio vinhedo ensina como fazer para chegar.



Dia 5

Foi dia de visitar Viña del Mar e Valparaíso, fomos até a cidade de ônibus e lá pagamos por um passeio turístico, que foi bom e não foi, o bom é que nos mostraram os principais pontos turísticos, mas é tudo muito rápido e eles param só no lugar que querem, o que é um pouco irritante. Principalmente pra almoçar, eu queria ter almoçado em Viña del Mar, mas eles pararam em Valparaíso e nos restaurante que queriam, então se você for mais desenrolado que eu e meu marido vá por conta própria. Mas foi um passeio legal pelas histórias que eles contam, se fossemos sozinhos não iriamos saber de muitas coisas.
Mais detalhes nesse post aqui.





Dia 6

Fomos até Rancagua, onde tem um Safári, muito bacana, a maioria dos animais foram regatados e circos onde eram maltratados e agora eles tem uma vida um pouco melhor, tenho certeza que não é o ideal. Você paga pra entrar no parque, que é também zoológico, e paga pelos outros 3 passeios que eles tem, mais detalhes nesse post aqui, nós fizemos dois, mas o mais legal é o dos grandes felinos, nós ficamos presos num "caminhão jaula" e vamos até onde ficam os tigres brancos e leões. Os leões sobem no caminhão, baba na gente, fica muito pertinho, é muito legal.



Dia 7

No último dia que tínhamos nós fomos andar pela cidade mais uma vez, almoçamos no Galindo, amamos, muita comida, bom ambiente. Colocamos um cadeado na ponte Pio Nono e a noite fomos jantar no Ana Maria restaurante, DIVINO, MARAVILHOSO, ESPETACULAR. Nunca comi nada tão bom em toda minha vida, mas você vai saber mais sobre esse dia aqui.





Dia 8

Foi dia de voltar ao Brasil, voltamos até o aeroporto de metrô e ônibus. Super fácil e BARATO, no metrô que é interligado com o terminal é só pegar um ônibus da TURBUS para o aeroporto. Foi tudo bem tranquilo.
E assim acabamos nossa lua de mel e já estamos de olho no próximo destino.
A próxima vez que voltar ao Chile quero ir para o deserto do Atacama.

Ps: eles pedem MUITA propina (gorjeta) e isso é muito irritante.


E você já foi ao Chile? Qual lugar?
Gostou? Me conta tudo aqui.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oxente Bonita, deixe aqui uma palavrinha vá.
Um xêro.

 renata massa